Ômega 3 EPA500mg 60cápsulas

Ômega 3 EPA500mg 60cápsulas

  • REF. 17116
  • Disponibilidade: Pronta Entrega
  • R$119,80

    R$ 119.80
  • 5x de R$23,96 sem juros
  • ou R$113,81 à vista 5%
Ômega EPA (500mg) elevado ajuda a prevenir e entupimento de veias e artérias, desinflamar células gordurosas e diminuir risco de doenças cardíacas.
Mais formas de pagamento
1x de R$ 119,80 sem juros R$ 119,80
2x de R$ 59,90 sem juros R$ 119,80
3x de R$ 39,93 sem juros R$ 119,80
4x de R$ 29,95 sem juros R$ 119,80
5x de R$ 23,96 sem juros R$ 119,80
Calcule o freteNão sei meu CEP

DETALHES DO PRODUTO

DESCRIÇÃO:

Ômega 3  (Ácidos graxos poliinsaturados) - As aplicações clínicas do óleo de peixe fonte de ácidos graxos Ômega-3 são inúmeras, porém as mais citadas e de maior consenso na literatura são seus efeitos benéficos em alguns tipos de doenças cardiovasculares e hipertrigliceridemia, no processo inflamatório e depressão.

As doses utilizadas irão depender do tipo de desequilíbrio funcional e do quadro clínico atual de deficiências nutricionais do paciente.


Esta fração de Ômega 3 contém  500mg de EPA +  200mg de DHA .


O Óleo de Peixe contém principalmente duas substâncias, o EPA (ácido eicosapentaenóico) e DHA (ácido docosahexaenóico). Eles são ácidos graxos ômega 3 de cadeias longa, encontrados em peixes de águas frias e profundas. O Ômega 3 é um ácido graxo poliinsaturado, que é essencial à saúde humana. Como não é produzida pelo organismo, precisa ser ingerida através da alimentação. Nos últimos anos, estudos científi os têm comprovado que dietas com boas quantidades de ômega 3 desempenham papel importante na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares e aterosclerótica, doenças inflamatórias, auxiliam no crescimento e desenvolvimento fetal e neural, além de diminuir a vasoconstricção e agregação plaquetária.


Portanto, o risco de inflamação excessiva e doenças relacionadas com a inflamação podem ser reduzidos através do consumo de alimentos ricos em EPA. Em relação aos benefícios, o DHA contém propriedade antioxidante e está envolvido com diversos processos cognitivos, além da correta sinalização entre os neurônios.


Há estudos que afirmam que o DHA pode impedir a formação de substâncias deletérias para o cérebro e aumentar a produção  de substâncias anti-infl amatórias e neuroprotetoras, tendo efeito protetor contra doenças neurodegenerativas  como Alzheimer e Parkinson. O DHA também tem papel importante no desenvolvimento fetal, além de fazer  parte da retina dos olhos.


Evidências clínicas sugerem que EPA e DHA ajudam a reduzir fatores de risco de  doenças cardíacas, incluindo níveis elevados de colesterol e pressão arterial. O óleo de peixe já demonstrou baixar as triglicérides (gordura no sangue) e reduzir o risco de morte por ataque cardíaco e derrame, além de ajudar a  prevenir e tratar a aterosclerose (endurecimento das artérias), por retardar o desenvolvimento de placas e coágulos de sangue que podem entupir as artérias.



Metais tóxicos (mercúrio e cádmio) - Isentos de acordo com laudo do fabricante.


INDICAÇÃO:

Antioxidante, que auxilia na proteção dos danos causados pelos radicais livres,

Auxiliar no tratamento e prevenção da Aterosclerose (que pode levar ao entupimento das veias),

Auxiliar na diminuição de Triglicerídeos e Colesterol,

Ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas como infarto,

Auxilia dietas de emagrecimento


MODO DE USO:

Ingerir 1 a 2 cápsulas ao dia após refeição ou de acordo com orientação nutricional.


COMPOSIÇÃO:

Ômega 3                1000mg  (500mg EPA / 200mg DHA)

(cápsula oleosa 1g)


VALIDADE:

6 meses


BIBLIOGRAFIA:

ANDRADE, P, M. M. et al: Suplementação de ácidos graxos ômega – 3 em atletas de competição: impactos nos mediadores bioquímicos relacionados com o metabolismo lipídico. Rev. Bras. Med. Esporte. Rio de Janeiro, 2006.

 BRUM, A. A. S. et al: Óleo de pescado como suplemento dietético. Revista Ciência & Tecnologia. São Paulo, 2002. COSTA, R. P. et al: Óleo de peixe, fi toesteróis , soja e antioxidantes: impacto nos lipídeos e na aterosclerose. Rer. Soc. Cardiol. São Paulo, 2000.