-19%
Camomila 500mg 120cápsulas

Camomila 500mg 120cápsulas

  • REF. 17199
  • Disponibilidade: Encomendar Manipulação
  • De R$ 98,00
  • Por R$ 79,38

  • R$ 79.38
  • 3x de R$ 26,46 sem juros
  • ou R$ 75,41 à vista 5%
Mais formas de pagamento
1x de R$ 79,38 sem juros R$ 79,38
2x de R$ 39,69 sem juros R$ 79,38
3x de R$ 26,46 sem juros R$ 79,38
Calcule o freteNão sei meu CEP

DETALHES DO PRODUTO

DESCRIÇÃO:

Camomila (Matricaria recutita L.)

Estudos evidenciam a  atividade anti-inflamatória, antisséptica e antiespasmódica do estômago e duodeno; efeito sedativo em pacientes submetidos a cateterismo;.

A atividade terapêutica da camomila é determinada pelos princípios ativos lipofilicos e pelos hidrofílicos. 

O alfa bisabolol possui propriedades antiflogísticas, antibacterianas, antimicóticas e protetora de mucosas agindo assim contra úlcera.Outros princípios ativos também apresentam propriedades espasmolitica como os flavonóides e as cumarinas, sendo que à estas atribui-se o efeito inibitório do crescimento de certos microrganismos.

Outras propriedades tais como: ótima ação antisséptica e relaxante do músculo liso permite bons efeitos a nível digestivo. 

O óleo essencial e os flavonóides são os responsáveis por praticamente todos os efeitos farmacológico conhecidos. O efeito ansiolítico que a camomila apresenta está relacionado com o flavonóide apigenina, o qual, é capaz de se ligar a receptores GABA- A cerebrais ( de maneira similar aos benzodiazepínicos) sem que sejam reconhecidos por anticorpos antibenzodiazepínicos.


INDICAÇÃO:

Ansiedade,

Ação calmante natural,

Ação Anti-inflamatório natural


COMPOSIÇÃO:

Camomila             500mg

Excipiente qsp 1 cápsula


MODO DE USO:

ingerir 1 dose 1 a  4 vezes ao dia.


CONTRA-INDICAÇÃO:

É contra-indicado na gravidez e lactantes. Não há causas que apontem em estudos intoxicação pelo uso da camomila.


VALIDADE:

6 meses.


VENDA SOB  PRESCRIÇÃO DE PROFISSIONAL HABILITADO, PODENDO SER NOSSA FARMACÊUTICA,     RESOLUÇÃO     586/2013   -   CONSELHO DE FARMÁCIA 


BIBLIOGRAFIA:

ALONSO, J. Tratado de Fitofármacos y nutracéuticos. Ed. Corpus, 2004.

LORENZI, H.; MATOS, F. J. A. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas cultivadas. 2 ed. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2008.

NICOLETTI, M. A.; et al. Principais interações no uso de medicamentos fitoterápicos. Rev. Infarma, vol. 10, n. 1/2, p. 32-40, 2007.